• Equipe AFIT Comunica

Riscos que o creme depilatório pode causar na sua pele


Com uma promessa de uma pele livre de pelos em cinco minutinhos, sem dor e sem sair de casa, os cremes depilatórios conquistam muitas mulheres e podem ser encontrados em qualquer farmácia do país. Você provavelmente já usou ou já pensou em usar, não é? Quando acontece aquela necessidade urgente de ter que tirar os pelos rapidamente, o creme depilatório pode ser uma solução.


Mas será que toda a praticidade e facilidade do produto vale a pena? A Lica Cinelli se preocupa com a saúde da sua pele e hoje vamos explicar um pouquinho do porquê não optar por este método de depilação.


Como ele é usado?


Por ter uma aplicação bem fácil, o produto realmente é tentador de se usar. Basta espalhar o creme sobre a pele, esperar uns minutos e retirá-lo com água. Junto com o produto, os pelos das pernas, braços, axilas, virilha e até do rosto vão embora. Mas se você está pensando que o produto consegue arrancar a raiz do pelo, está muito enganada. Ela permanece, portanto, os fios aparecerão mais rápido.


Componentes químicos e alergias

Esses são os maiores vilões para sua pele. O creme depilatório funciona por conta da base química na fórmula: as substâncias contidas nela agem na haste do pelo, fazendo com que se desintegre. Com isso, só a parte visível do pelo é eliminada. Portanto, ele cresce mais rápido do que nos outros processos depilatórios que agem na raiz, como a depilação a laser.

Os químicos em sua fórmula também podem gerar sensibilidade, alergias e agressões à pele, resultando em foliculite, manchas e vermelhidões. E quando utilizado errado ou fora da validade, pode causar sim queimaduras na pele. É importante estar alerta se o produto é aprovado por órgãos como a ANVISA e testado dermatologicamente.

Escolha a depilação a laser

Sem dúvida nenhuma, a depilação a laser é a maneira mais segura e eficaz de eliminar pelos indesejados. Na Lica Cinelli, trabalhamos com alta tecnologia que permite aplicação em todas as áreas corporais e faciais, e pode ser realizada em todas as tonalidades de peles.

O laser tem um sistema de resfriamento que faz o calor dos disparos ser muito pequeno, quase nulo. Os pulsos emitidos na pele têm baixos picos de energia e são aplicados em várias repetições, o que faz a depilação ser mais homogênea, efetiva e muito menos dolorida. Após a aplicação, o paciente pode retomar a rotina normalmente.

Um dos maiores diferenciais é a agilidade das sessões, você poderá solucionar o incômodo com os pelos indesejados com sessões rápidas, que variam entre 10 à 30 minutos, de acordo com cada área a ser tratada.

Já o tratamento, exige a repetição de sessões para destruição do maior número possível de bulbos capilares, sendo assim o número de sessões aconselhadas pode variar de acordo com as características da pele e dos pelos. Em média, observamos a necessidade de 6 a 12 sessões.

Os pelos que já foram eliminados nas sessões realizadas não voltam a nascer. No entanto, existem alterações hormonais que podem ocasionar o surgimento de novos pelos. Como temos ciclos de crescimento de pelos e pelos que estavam “fora de atividade” esses podem nascer, dando a falsa sensação de que “alguns pelos voltaram”. Portanto, é sugerido sessões de manutenções esporádicas, para manter os resultados obtidos durante o tratamento.

Ainda ficou com alguma dúvida? Traga ela para a nossa Clínica. Aqui na Lica Cinelli fazemos avaliações individuais para atender melhor todas as suas necessidades.


11 views0 comments

Recent Posts

See All