• Equipe AFIT Comunica

Conheça as doenças de pele mais comuns no verão


Para muita gente, o verão é a estação mais aguardada do ano. Aproveitar os dias de sol na beira da praia ou na piscina é um programa simplesmente irrecusável, mas o contato com a água do mar, o suor e o calor podem favorecer o surgimento de algumas doenças de pele. Veja a seguir algumas das mais comuns nessa época e como evitá-las.


Queimaduras

Não é difícil nos esquecermos de proteger a pele do sol quando estamos aproveitando momentos de descontração na praia ou na piscina. A exposição solar sem proteção adequada, no entanto, pode fazer com que a pele fique avermelhada e sensível. Por isso, é imprescindível utilizar protetor solar com FPS 30, no mínimo, e reaplicar o produto a cada duas horas. Em caso de queimadura, beba bastante água e fique atento à temperatura corporal.


Micose

O verão reúne as condições perfeitas para a proliferação de fungos na pele, unhas e até no couro cabeludo. O excesso de umidade (seja por roupas de banho molhadas, seja pelo suor) combinado com o calor é um prato cheio para as micoses. Regiões com dobras, como dedos, virilhas e axilas merecem cuidados especiais, e devem ser mantidas sempre secas. Caso note qualquer sinal de micose na pele ou na unha, procure seu dermatologista imediatamente para fazer o tratamento adequado.


Foliculite

A foliculite é uma infecção bacteriana do folículo piloso, costuma atingir a região da barba e da nuca nos homens, e as axilas e virilhas nas mulheres. O folículo fica com a aparência semelhante à de uma espinha, e pode causar coceira e desconforto. Para evitar a foliculite, recomenda-se não usar roupas muito justas e hidratar bem essas áreas. A depilação a laser também é indicada para prevenir o surgimento do problema.


Brotoeja

A brotoeja é uma condição muito comum em bebês e crianças nos dias mais quentes. Isso acontece porque as glândulas sudoríparas dos pequenos são imaturas, fazendo com que eles tenham mais dificuldade de transpirar. Com isso, formam-se pequenas bolhas de água na pele, que normalmente causam muita coceira. O ideal é manter a área ventilada e usar produtos apropriados para o tratamento.

Impetigo

O impetigo é uma infecção bacteriana que também é mais comum entre as crianças, e normalmente atinge a região entre a boca e o nariz. O tratamento é feito com antibióticos tópicos.


Bicho geográfico

O Bicho geográfico é um parasita encontrado nas fezes de cães e gatos, que penetra na pele e causa uma lesão avermelhada, que se assemelha a um mapa - daí o nome. Normalmente é transmitido pelo contato com a areia, por isso o ideal é evitar sentar na areia e andar descalço, especialmente perto dos calçadões, onde as pessoas costumam passear com seus animais de estimação.

O primeiro passo para evitar qualquer desses problemas é manter a hidratação da pele em dia, mantendo-a íntegra e, assim, menos suscetível a infecções.


14 views0 comments

Recent Posts

See All